OGX_Capa

OGX PETROLEO: Finalmente no azul com lucro de R$25 milhões no 1º semestre de 2016!


LUIZ-GUILHERME-DIAS-e1443731843958Por Luiz Guilherme Dias | Rio, 16/Ago/2016.

 

“Tubarão Martelo produziu 3,5 milhões de barris de óleo no ano de 2015”
Site da Companhia

A Óleo e Gás Participações S.A. (Atual OGX Petróleo, Ex-OGX) pertenceu ao grupo EBX atuando nas áreas de exploração e produção de petróleo e gás natural. A empresa estreou no leilão da ANP na 9ª Rodada de Licitações como operadora B, classe de empresas que só pode atuar em terra e águas rasas, arrematando 21 blocos nas Bacias de Campos e Santos e pagando um bônus total de US$ 1,471 bilhão. Em Jun/2008 estreou na Bovespa, permanecendo pré-operacional em 2013, ou seja, sem geração de lucro por sua produção de petróleo.

No 1º trimestre de 2013, a empresa reportou prejuízo de R$ 805 milhões, principalmente devido à despesas no valor de R$1,2 bilhões referentes a poços secos e áreas subcomerciais devolvidas à ANP após a conclusão do período exploratório em Mar/2013. Por supostas irregularidades na instalação e supressão de uma válvula de segurança usada na extração de petróleo, a empresa foi multada em US$300 milhões e recebeu acusações de ter divida muito maior do que divulgava na ocasião. Em Out/2013 a empresa anunciou que não pagaria suas dívidas a vencer de US$ 45 milhões e ao fim daquele mês a OGX entrou com pedido de recuperação judicial e suas ações (OGXP3) entraram em colapso e desvalorizaram 92,2% só em 2013.  (Fonte: Wikipédia).

Segundo informações do site da Empresa, como medida de reestruturação financeira visando eliminar a dívida e recapitalizar a Companhia, foi celebrado o “Plan Support Agreement‘‘ em 24/Dez/2013, com os detentores da maioria dos títulos de dívida emitidos pela OGX , através do qual os mesmos concordaram, dentre outras medidas, em apoiar o Plano de Recuperação Judicial da Companhia. Ainda como continuação da reestruturação e em virtude da ausência de perspectivas concretas de rentabilidade futura, a OGX fez inúmeros desinvestimentos.

Botão_FiquePorDentro2

Atualmente, a companhia e sua controladora tem praticado melhores esforços para preservar o valor das garantias aos credores e para cumprir todos as exigências de seus Planos de Recuperação Judicial. Ademais, as Companhias tem adotado medidas agressivas para se adaptar ao cenário adverso dos preços de petróleo focando na execução e na produção e ao mesmo tempo reduzindo custos. (Fonte: Empresa).

Veja agora o que o nosso Banco de Dados SABE tem a mostrar sobre a OGX Petroleo: “Radar de Desempenho Econômico-Financeiro de 2011 a 2015, agora inovando com informações sobre Distribuição do Valor Adicionado (DVA),  a comparação 1S2015 X 1S2016” e o desempenho em bolsa das ações OGXP3 (OGX PETROLEO ON).

Radar de Desempenho Econômico-Financeiro da OGX Petroleo - R$Mil (Individual)Fonte: SABE © powered by MAESTRO

Radar de Desempenho Econômico-Financeiro da OGX Petroleo – R$Mil (Individual)
Fonte: SABE © powered by MAESTRO

De 2011 a 2015 a OGX teve um desempenho extremamente ruim com perdas de ativos e patrimônio líquido. A empresa enfrentou em 2013 enormes dificuldades financeiras com prejuízo de mais de R$17 bilhões, que melhorou bastante em 2015, embora seu resultado líquido continuasse negativo. O ano de 2014 teve um lucro extraordinário não recorrente de R$9,868 bilhões por conta de desinvestimentos e venda de ativos. O endividamento líquido chegou a R$9,8 bilhões em 2013 e caiu para menos de R$400 milhões em 2015. Pela ótica da distribuição de valor a companhia “destruiu valor” para seus stakeholders; este indicador apresentou uma taxa composta no período negativa de 14,70% ao ano, atingindo R$208 milhões negativos em 2015.

Na comparação do 1S2015 versus 1S2016, a companhia melhorou de modo geral obtendo crescimento de patrimônio líquido, além de recuperação na geração de caixa (medido pelo EBITDA) e de resultado líquido, ambos positivos no 1S2016. Por outro lado a empresa manteve aumento do endividamento líquido em patamares reduzidos. Além das melhorias descritas a OGX Petroleo também apresentou recuperação de seu DVA gerando valor no 1S2016 de R$28 milhões para seus stakeholders. Veja a seguir como foi o desempenho da ação OGXP3 (OGX PETROLEO ON).

Evolução Trimestral da Ação OGXP3 (OGX PETROLEO ON)Fonte: APLIGRAF – Elaboração: SABE ©

Evolução Trimestral da Ação OGXP3 (OGX PETROLEO ON)
Fonte: APLIGRAF – Elaboração: SABE ©

De 30/Set/2011 a 12/Ago/2016 a ação OGXP3 teve uma tremenda desvalorização de quase 100% (por pouco não virou pó!). A cotação ajustada de fechamento do papel saiu de R$1.150,00 e despencou até atingir R$6,16 no final do período (a cotação máxima foi de R$1.510,00 em 30/Mar/2012 e a mínima de R$3,00 em 30/Dez/2015). No mesmo intervalo de tempo o Ibovespa subiu 11,42%.

 

COMENTÁRIOS FINAIS

A OGX Petroleo pertence ao setor de Petróleo & Gás que possui 15 companhias listadas na bolsa. Em 2015 a empresa ficou sem pontuação por receitas por falta de informação nas fontes oficiais e ocupou a 10ª posição por resultado líquido com prejuízo de R$235 milhões, caindo 102% em relação a 2014 (lucro de R$9.868 milhões, mas não recorrente por caracterizar um resultado extraordinário).

Em sua Mensagem sobre o Desempenho do 1º semestre de 2016, a Administração da companhia informou que no 2º trimestre a OGpar e OGX P&G, subsidiária da OGpar, obtiveram grande avanço na negociação junto aos credores da OSX-3 Leasing B.V. tendo assinado, no dia 15/Jul/2016, um acordo parcial suspendendo os litígios entre as partes por um período de 30 dias úteis a contar da data de homologação pelo Juízo competente, o que garante a continuidade das atividades exercidas pela Companhia e cria a oportunidade de firmar um acordo definitivo visando reduzir os custos operacionais e encerrar as disputas existentes entre as partes.

Tendo em vista a recuperação do preço do petróleo no mercado internacional nos últimos meses, a produção no Campo de Tubarão Martelo foi retomada em Jul/2016 e registrou uma média de 9,8 mil barris de petróleo por dia, permitindo a volta de geração de caixa e trazendo nova perspectiva de crescimento.  Ainda no 2º trimestre de 2016, a OGX P&G recebeu a restituição dos créditos de PIS e COFINS no valor de R$ 193,2 milhões, o que contribuiu para o alívio do caixa e cumprimento das obrigações de curto prazo até a retomada e a estabilização da produção no Campo de Tubarão Martelo. (Fonte: Release de Resultados 1S2016).

A SABE Consultores tem o propósito de “organizar informações financeiras sobre as empresas brasileiras e torná-las acessíveis e úteis” e acredita que as empresas vencedoras e que vieram para ficar são as que criam valor para TODOS os seus stakeholders. Manteremos você atualizado com novas informações extraídas do nosso Banco de Dados SABE.

Botão_FiquePorDentro2

Aproveite para deixar o seu comentário ao final desta página sobre a OGX Petróleo.

Luiz Guilherme Dias é Sócio-Diretor da SABE Consultores, Consultor de Empresas e Conselheiro Certificado.

E-mail: lg.dias@sabe.com.br

Deixe seu comentário abaixo...

Leave A Response