É para todos, é melhor para o Brasil!!!

SABE

Blog

voltar

É para todos, é melhor para o Brasil!!!

27/05/2019

“Passei a maior parte da minha vida numa atitude nostálgica diante do que ia ficando irremediavelmente para trás. Agora preciso viver no presente”

Julio Cortázar, escritor argentino

Estamos ficando mais velhos

O analista de pesquisa Damien Ng escreveu um interessante artigo publicado no jornal Valor sobre o envelhecimento da população atual. Segundo Damien, o mundo está à beira de uma transformação demográfica verdadeiramente notável. Pela primeira vez na história humana, espera-se que o número de pessoas com 60 anos ou mais ultrapasse o de crianças com menos de 10 anos, até 2030.

Havia cerca de 962 milhões de pessoas com 60 anos ou mais em 2017 em todo o mundo, mais que o dobro de 1980 (382 milhões). Este número, de acordo com o Relatório sobre o Envelhecimento Populacional das Nações Unidas 2017, deverá crescer para quase 1,41 bilhão até 2030 e para cerca de 2,1 bilhões até 2050. Em comparação, a fatia de pessoas com mais de 80 anos deve crescer ainda mais rapidamente, de 137 milhões para 425 milhões em 2050, um aumento de três vezes.

Esse crescimento é resultado principalmente de quatro fatores: taxas de fertilidade mais baixas, queda na taxa de mortalidade em todas as faixas etárias, melhores tratamentos médicos e mudanças no estilo de vida e dieta. (Fonte: Valor). Leia mais...

Termômetro da Previdência

Acompanhando o termômetro da previdência elaborado por monitoramento diário da empresa Atlas Político no jornal Valor Econômico, percebemos, em relação à semana que passou, um aumento de 3 deputados “a favor”, outro aumento igual para “apoio parcial”, uma queda de 7 deputados “indefinidos” e o aumento de 1 “contra” a aprovação. Precisamos de 308 votos para aprovar a reforma na Câmara. Portanto temos certo apenas 1/3 dos votos. Por que é tão difícil?

Enquanto isso, envelhecemos a cada dia e só nos resta o aprendizado, como Albert Einstein disse uma vez: "Eu vivo naquela solidão que é dolorosa na juventude, mas deliciosa nos anos de maturidade".


“Nova Previdência é para todos. É melhor para o Brasil”, é o mote da divulgação da reforma da Previdência usado pelo Governo, que estrategicamente evita a palavra “reforma”.

Desempenho do Ibovespa

Em 2019, até 24/mai, o Ibovespa variou 6,39%, queda de 0,72 pontos em relação à variação da semana anterior, ficando acima da renda fixa.

Nos últimos 21 pregões o Ibovespa cedeu 1,49%, com aumento de 0,62 pontos percentuais em relação à última semana, mantendo a tendência de baixa. O índice fechou a semana encerrada em 24/mai com 93.627 pontos, retornando ao patamar dos 93.000 pontos, tendo variação positiva de 4,04% nesse breve período, com 5,86 pontos acima da variação da semana anterior.

A tendência primária (longo prazo) do Ibovespa continua de alta. O mercado continua na expectativa da retomada da economia, mas enquanto as reformas não avançarem o comportamento da nossa bolsa continuará refletindo as especulações e apostas de curto prazo, ignorando os fundamentos das companhias.

Veja a seguir o desempenho da bolsa brasileira, medido pelo Ibovespa em pontos, em diferentes intervalos de tempo.


Com a manutenção da SELIC baixa no patamar de 6,5% ao ano ou em menor nível, como esperado pelo mercado, os investidores terão que buscar alternativas com maior risco, caso queiram obter retornos melhores. Para proteger o patrimônio, a renda fixa continua sendo uma boa alternativa, mas para ganhar dinheiro “de verdade” as ações são a melhor opção.

Dentre as alternativas de aplicações com maior risco, as Ações de companhias com qualidade de gestão e desempenho consistente no longo prazo, as chamadas “SABE Campeãs”, trazem excelentes oportunidades de investimentos. Quem não quiser gerenciar risco vai ter que se contentar com algo tipo 0,50% de retorno real ao mês! A mudança do paradigma Renda Fixa X Renda Variável, na nossa opinião, é uma questão de tempo...

O conjunto de estatísticas mostrado ajuda o leitor a perceber os movimentos cíclicos da bolsa brasileira, em especial sobre os que têm (e os que não têm) fundamento técnico. Confira a evolução do “termômetro da bolsa” no gráfico abaixo e perceba as diferenças entre as tendências (linha pontilhada em amarelo) e as volatilidades do Ibovespa no longo prazo (quase cinco anos) e nos últimos 21 pregões:


Veja a seguir o que o SABE Alerta da semana passada publicou sobre os Setores de Saneamento e Transporte/Logística, com dados financeiros dos balanços de 2018.

Saneamento é o setor mais atrasado da infraestrutura brasileira

Transporte e Logística - um setor em compasso de espera


A SABE não pretende nem se dispõe a ensinar/instruir como investir no mercado de ações nem, muito menos, quais e quando comprar/vender ações: para isso recomendamos consultar a sua Corretora. SABE é o suporte imprescindível para quem já atua neste mercado ou já tomou a decisão de nele participar.

SABE Invest


O SABE Alerta é apenas a “ponta de um iceberg” quando comparado ao acervo de informações que o Big Data SABE tem à disposição de investidores e gestores de investimentos em ações: são 120.000 demonstrações financeiras padronizadas de TODAS as companhias abertas desde 1994 e os preços de suas ações ajustadas dos últimos cinco anos.

Conheça o SABE Intelligence, a maneira revolucionária de selecionar empresas de desempenho destacado com a inteligência artificial e tomar decisões de investimentos em ações com maior probabilidade de acerto.

Luiz Guilherme Dias
SABE | Inteligência em Ações da Bolsa

Comentários