Brasil é uma baleia ferida!

SABE

Blog

voltar

Brasil é uma baleia ferida!

10/06/2019

“O Brasil é uma baleia ferida que foi arpoada várias vezes, foi sangrando, sangrando, até que parou de se mover”

Paulo Guedes, Ministro da Economia

A expectativa de um 2º semestre melhor que o primeiro está cada vez mais remota, mesmo com a prevista aprovação da reforma da previdência. Com um PIB interno perto de 0,5% e uma perspectiva de o PIB global perder 0,5%, a “baleia ferida” deve continuar imóvel por um longo tempo. Haja resiliência!!!

Projeções para o PIB de 2019 caminham para perto de 0,5%

Diante da queda do PIB no 1º trimestre e da perspectiva de fraco crescimento de abril a junho, um avanço de 1% da economia em 2019 é considerado otimista. Alguns analistas já acreditam em algo mais próximo de 0,5%. Por enquanto, uma recessão neste ano é vista como improvável, e um novo ciclo de corte de juros é esperado para o 2º semestre, apesar da cautela do Banco Central em declarações recentes. (Fonte: Valor). Leia mais...

Guerra comercial EUA-China pode tirar 0,5% do PIB global, diz FMI

A guerra comercial entre Estados Unidos e China ameaça reduzir em 0,5% o PIB global em 2020, alertou em 05/jun a diretora-gerente do FMI, Christine Lagarde. A previsão anterior dava conta de 0,3% de impacto negativo. Segundo Lagarde, se o presidente americano, Donald Trump, levar adiante a ameaça de sobretaxar todo o comércio com a China, isso pode causar a evaporação de US$ 455 bilhões no  (Fonte: Valor). Leia mais...

Termômetro da Previdência

Os ministros palacianos mapearam a Câmara Federal e descobriram 150 deputados indecisos sobre a Reforma da Previdência. O Governo vai mirar seu arsenal de argumentos de convencimento pela aprovação nesse grupo para chegar aos 308 votos necessários para a aprovação da PEC. O restante da turma é a que condicionou apoio à reforma desde que haja alterações na proposta. Embora não alcance, hoje, os 308 votos, os governistas se dizem otimistas. Enquanto isso, a economia do País segue estagnada, à espera dessa aprovação no Congresso. (Fonte: Diário da Amazônia).

Desempenho do Ibovespa

Em 2019, até 07/jun, o Ibovespa variou 11,18 %, alta de 0,92 pontos em relação à variação da semana anterior, se mantendo acima da renda fixa.

Nos últimos 21 pregões o Ibovespa cresceu 3,20 %, com aumento de 1,63 pontos percentuais em relação à última semana, mantendo a tendência de alta. O índice fechou a semana encerrada em 07/jun com 97.840 pontos, beirando o patamar dos 98.000 pontos, tendo variação positiva de 0,83% nesse breve período, com 2,80 pontos abaixo da variação da semana anterior.

A tendência primária (longo prazo) do Ibovespa continua de alta, reforçada na última semana pela decisão dos ministros do STF liberando o governo federal do aval do Congresso para privatizar subsidiárias de empresas públicas e sociedades de economia mista. Também foi decidido que não é necessária licitação para privatizar subsidiárias com a condição de que a venda passe por algum tipo de concorrência que - nas palavras dos ministros - "propicie um cenário de competitividade".

Veja a seguir o desempenho da bolsa brasileira, medido pelo Ibovespa em pontos, em diferentes intervalos de tempo, deixando abaixo a rentabilidade da renda fixa em todos os períodos.


Com a manutenção da SELIC baixa no patamar de 6,5% ao ano ou em menor nível, como esperado pelo mercado, os investidores terão que buscar alternativas com maior risco, caso queiram obter retornos melhores. Para proteger o patrimônio, a renda fixa continua sendo uma boa alternativa, mas para ganhar dinheiro “de verdade” as ações são a melhor opção.

Dentre as alternativas de aplicações com maior risco, as Ações de companhias com qualidade de gestão e desempenho consistente no longo prazo, as chamadas “SABE Campeãs”, trazem excelentes oportunidades de investimentos. Quem não quiser gerenciar risco vai ter que se contentar com algo tipo 0,50% de retorno real ao mês! A mudança do paradigma Renda Fixa X Renda Variável, na nossa opinião, é uma questão de tempo...

O conjunto de estatísticas mostrado ajuda o leitor a perceber os movimentos cíclicos da bolsa brasileira, em especial sobre os que têm (e os que não têm) fundamento técnico. Confira a evolução do “termômetro da bolsa” no gráfico abaixo e perceba as diferenças entre as tendências (linha pontilhada em amarelo) e as volatilidades do Ibovespa no longo prazo (quase cinco anos) e nos últimos 21 pregões:

Com a manutenção da SELIC baixa no patamar de 6,5% ao ano ou em menor nível, como esperado pelo mercado, os investidores terão que buscar alternativas com maior risco, caso queiram obter retornos melhores. Para proteger o patrimônio, a renda fixa continua sendo uma boa alternativa, mas para ganhar dinheiro “de verdade” as ações são a melhor opção.

Dentre as alternativas de aplicações com maior risco, as Ações de companhias com qualidade de gestão e desempenho consistente no longo prazo, as chamadas “SABE Campeãs”, trazem excelentes oportunidades de investimentos. Quem não quiser gerenciar risco vai ter que se contentar com algo tipo 0,50% de retorno real ao mês! A mudança do paradigma Renda Fixa X Renda Variável, na nossa opinião, é uma questão de tempo...

O conjunto de estatísticas mostrado ajuda o leitor a perceber os movimentos cíclicos da bolsa brasileira, em especial sobre os que têm (e os que não têm) fundamento técnico. Confira a evolução do “termômetro da bolsa” no gráfico abaixo e perceba as diferenças entre as tendências (linha pontilhada em amarelo) e as volatilidades do Ibovespa no longo prazo (quase cinco anos) e nos últimos 21 pregões:

Veja a seguir o que o SABE Alerta da semana passada publicou sobre a união de Marfrig e BRF criando uma gigante global de produção de carnes e sobre a compra da Avon pela Natura dando origem à 4ª maior empresa global do mercado de beleza.

BRF + MARFRIG = Uma nova gigante global de carnes

Natura + Avon = 4ª maior do mundo no mercado de beleza!!!

A SABE não pretende nem se dispõe a ensinar/instruir como investir no mercado de ações nem, muito menos, quais e quando comprar/vender ações: para isso recomendamos consultar a sua Corretora. SABE é o suporte imprescindível para quem já atua neste mercado ou já tomou a decisão de nele participar.

SABE Invest


O SABE Alerta é apenas a “ponta de um iceberg” quando comparado ao acervo de informações que o Big Data SABE tem à disposição de investidores e gestores de investimentos em ações: são 120.000 demonstrações financeiras padronizadas de TODAS as companhias abertas desde 1994 e os preços de suas ações ajustadas dos últimos cinco anos.

Conheça o SABE Intelligence, a maneira revolucionária de selecionar empresas de desempenho destacado com a inteligência artificial e tomar decisões de investimentos em ações com maior probabilidade de acerto.

Luiz Guilherme Dias
SABE | Inteligência em Ações da Bolsa

Comentários