Alertas para Triunfo Participações, BRF e Balanços das Empresas nos 9M2017

SABE

Blog

voltar

Alertas para Triunfo Participações, BRF e Balanços das Empresas nos 9M2017

22/11/2017

“O verdadeiro investidor raramente é forçado a vender suas ações e está livre, grosso modo, para desconsiderar a cotação atual. (...) Esse indivíduo estaria, então, em uma melhor situação se suas ações não fossem cotadas em bolsa, pois seria poupado da angústia causada pelos erros de avaliação de outras pessoas”

Benjamin Graham – Autor do best seller “O Investidor Inteligente”

Segundo Graham, é possível que o texto acima destacado seja o parágrafo mais importante de todo o seu livro. Nessas poucas palavras, Graham resume a experiência de uma vida. Essas palavras não podem deixar de ser lidas com muita frequência; elas são como ‘criptonita’ para os mercados de baixa. Se você as mantiver à mão e as deixar guia-lo por toda sua vida de investidor, você sobreviverá, seja qual for o comportamento do mercado.

No longo prazo (Dez/2012 a 17/Nov/2017), pouco menos de cinco anos, o Ibovespa valorizou 20,48%, bem abaixo da Renda Fixa, influenciado pelas altas taxas de juros praticadas no período, e subindo mais de 4 pontos percentuais em relação ao desempenho de nossa última publicação. Perceba, querido leitor, como o “sobe-e-desce” da nossa Bolsa nada ou pouco acrescenta às decisões do “verdadeiro investidor”? Para não cair em armadilhas é sempre bom ter um ouvido apurado ou estar bem informado. Nossa missão é exatamente a INFORMAÇÃO que “informa a ação” a ser tomada antes de tomar a decisão sobre o que investir.

Novamente, mesmo com as más notícias que recebemos diariamente (em especial sobre a política e as expectativas das eleições majoritárias de 2018), no médio prazo (2 anos) o Ibovespa subiu 69,41% e, mesmo no curto prazo (1 ano) subiu 21,93%, superando uma renda fixa bem remunerada. No curtíssimo prazo (30 dias) o índice caiu 4,12% (quase 4 pontos percentuais em relação ao nosso último informe semanal) e em 2017 subiu 23,24%, ainda superando DE LONGE a renda fixa. O curioso é que tem gente que não gosta de investir em ações!!!

Esse conjunto de estatísticas ajuda o leitor perceber os movimentos cíclicos da bolsa brasileira, em especial sobre os que têm (e os que não têm) fundamento técnico. Confira a evolução do “termômetro da bolsa” no gráfico abaixo:

Desempenho do Ibovespa de Dez/2012 a 06/Nov/2017
Fonte: B3 + APLIGRAF I Elaboração: SABE ©


Este artigo reúne os conteúdos dos nossos blogs diários “SABE Alerta” publicados na última semana, encerrada em 17/Nov/2017.

SABE Alerta – TRIUNFO PARTICIPAÇÕES – Buraco nas Contas, Cratera na BR-040

De acordo com informações obtidas de seu site, a Triunfo, listada no Novo Mercado (NM), o mais alto nível de Governança Corporativa da Bolsa de Valores (B3), foi uma das primeiras empresas a assumir a concessão de uma rodovia no país, em 1995 e atualmente figura como uma das empresas de maior expressão nesse segmento, tanto em número de quilômetros administrados, quanto em receita e volume de tráfego. Saiba mais...

SABE Alerta – BRF – Uma coisa é uma coisa, outra coisa é outra coisa!

Segundo notícia publicada no site da Exame em 10/Nov/2017, “a BRF fechou o terceiro trimestre de 2017 com lucro líquido de R$ 137,6 milhões, alta de 666% sobre o mesmo período do ano anterior, de R$ 18 milhões, em função dos melhores resultados operacionais e financeiros, estes positivamente impactados pela adesão ao Programa Especial de Regularização Tributária (PERT), como explica a administração em relatório de resultados”. Saiba mais...

SABE Alerta – Balanços dos 9 Meses de 2017 das Empresas decepcionam!

O dia 15/Nov/2017 marcou o fim da temporada dos Balanços das Companhias Abertas referentes aos nove primeiros meses de 2017. Um estudo feito pela SABE Consultores, com base em receitas e resultados líquidos de demonstrações financeiras consolidadas de 237 empresas não financeiras, traz uma conclusão que decepciona, refletindo o impacto da grave crise econômica enfrentada pelo nosso país nos últimos anos. Saiba mais...

Notícias publicadas em jornais de grande circulação como O Globo/Economia de 20/Nov/2017 informam que “A temporada de balanços referentes ao terceiro trimestre, encerrada na semana passada, mostrou que a redução da taxa básica de juros, os primeiros sinais de retomada econômica e uma gestão mais atenta a custos têm tido impacto positivo para as empresas. Os lucros das companhias de capital aberto cresceram 29% no período, enquanto suas dívidas recuaram ao mesmo valor do início de 2015.

Lamentamos informar outro ponto de vista em nosso último “SABE Alerta”. As informações de nosso Banco de Dados SABE mostram outra realidade: queda de lucros para a maciça maioria das empresas não financeiras e queda de lucros dos pequenos bancos, ambas nos nove primeiros meses de 2017. Gostaríamos de estar enganados, mas a realidade das companhias abertas no momento, a nosso ver, é bastante diferente e apresenta ainda um quadro difícil com desempenho a desejar. Por outro lado, os atuais indicadores macroeconômicos, exceto emprego, são favoráveis mas ainda não impactam positivamente o desempenho da maioria da companhias abertas, infelizmente.

A SABE Consultores tem a missão de “organizar informações financeiras sobre as empresas brasileiras e torná-las acessíveis e úteis” e acredita que as empresas conscientes atuam de maneira a criar valor não só para si mesmas, mas também para seus “stakeholders”.

A SABE Consultores não pretende nem se dispõe a ensinar/instruir como investir no mercado de ações nem, muito menos, quais e quando comprar/vender ações: para isso recomendamos consultar a sua Corretora. SABE Consultores é o suporte imprescindível para quem já atua neste mercado ou já tomou a decisão de nele participar.

Conheça o SABE Intelligence, um produto revolucionário criado para você fundamentar suas decisões de investimentos em ações com a tecnologia da inteligência artificial.

Luiz Guilherme Dias
Equipe SABE - Inteligência em Ações da Bolsa

Comentários