SABE

notícias

Educação financeira e investimentos

14/06/2021

A SABE está lançando o “Programa de Educação Financeira para Universitários” com foco em investimentos em ações. Com o nome SABE Invest, o Programa se pauta no slogan “Quem SABE, Investe Melhor”, trazendo uma nova forma de investir em ações, reunindo teoria e prática com apoio de ferramentas de base tecnológica, incluindo: Aplicativos, Cursos, Canal de Orientação, Games.

continue lendo -->

Por que ações sobem/caem sem fundamento?

07/06/2021

Você investe em empresas ou em ações? Se uma empresa vai bem, tem bons fundamentos, é natural que sua ação valorize, mas não é assim que o mercado funciona: existem ações de empresas com bons fundamentos que caem e existem ações de empresas com desempenho ruim que sobem. Como o preço de uma ação negociada em bolsa é função da oferta e procura, num mercado como o nosso com altíssimo grau de especulação (e aposta!) o que importa é o ganho no curto (ou curtíssimo) prazo.

continue lendo -->

Crescimento de caixa alivia dívida!!

31/05/2021

Excluindo da amostra Petrobras e Vale para reduzir distorções, as dívidas líquidas cresceram em valor nominal 2,3% de R$ 2,19 tri para R$ 2,24 tri do 1T2020 para 1T2021. Ao mesmo tempo, a geração de caixa medida pelo EBITDA cresceu nominalmente 56,8%, de R$ 88 bi para R$ 138 bi, trazendo um alívio para as empresas. Olhando o grau de alavancagem financeira medido pela relação entre a dívida líquida e o EBITDA anualizado, percebemos uma queda próxima a 35% de 6,2 vezes para 4,1 vezes, num patamar ainda considerado como “alerta” para os analistas do mercado.

continue lendo -->

Resultado do 1º Trim surpreende!!

24/05/2021

Excluindo da amostra Petrobras e Vale para reduzir distorções, as receitas no 1º Trim 2021 comparadas com igual período de 2020 cresceram 23,4% de R$ 493,8 bi para R$ 609,5 bi, enquanto que os resultados líquidos (lucros/prejuízos) subiram mais de 9 vezes, saindo de um total negativo de R$ 47,8 bi para R$ 36,5 bi, trazendo um ânimo para a retomada da economia. O forte impulso do desempenho foi influenciado pela escalada dos preços das commodities no mercado internacional, com a retomada das grandes economias pela melhora da crise sanitária.

continue lendo -->

E se não fossem as commodities?

17/05/2021

As ações das empresas exportadoras listadas na B3 totalizam no momento 27,09% de peso no Ibovespa. Na média as ações mais negociadas de Petrobras, Vale, Gerdau, Gerdau Met, Sid Nacional, Usiminas, Suzano, Klabin, JBS e Marfrig subiram 27,30 % em 2021 até o dia 14 de maio, enquanto que o índice cresceu apenas 2,41%. Portanto, num cálculo aproximado podemos perceber que se não fossem as commodities o Ibovespa estaria caindo 24,89%.

continue lendo -->

1 milhão de mulheres na Bolsa!!

10/05/2021

Nada melhor que um domingo do Dia das Mães para comemorar a marca histórica de 1 milhão de mulheres com contas abertas na bolsa de valores !! No fim de 2020 eram 847 mil  CPFs femininos na B3, crescimento de 19% até o fim de abril. Mas, no fim de 2016, cinco anos antes, o número de mulheres interessadas em investir na bolsa era de apenas 130 mil e cresceu 674% no mesmo período. A má notícia é que ainda é um público minoria e que detém um volume bem menor de dinheiro investido quando comparado ao de homens: de apenas 20,7% do total de reais investidos no fim de abril.

continue lendo -->

Quem não é o maior, tem que ser o melhor!!

03/05/2021

Nos EUA as empresas gigantes são todas de tecnologia, enquanto que no Brasil predominam o setor financeiro e o de commodities. Nos meus tempos de menino a propaganda da Atlantic, uma companhia pequena de petróleo em relação às demais do mercado dizia: “Quem não é o maior tem que ser o melhor”. O mundo mudou e hoje, empresas pequenas já são multinacionais com raízes fincadas nos mais longínquos rincões deste planeta. Mais do que isso, 82% das maiores empresas do mundo vieram do absolutamente nada.

continue lendo -->

A hora e a vez dos Jovens!!

26/04/2021

A bolsa ganhou 374.822 novas contas de investidores com até 25 anos desde o início de 2019. Quando somado a faixa etária de 26 a 35 anos, o número de novos CPFs sobe para 1.337.366, cerca de 38% do total de investidores em abril deste ano. O principal fator que explica a forte entrada dos jovens na bolsa é o juro baixo, hoje em 2,75% ao ano. Descontada a inflação, o juro real está negativo em quase 3%. Nesse cenário o jovem passa a ter consciência que está perdendo poder de compra se deixar o dinheiro parado na caderneta de poupança.

continue lendo -->

IPO, só com desconto!!

19/04/2021

A temporada de abril para os IPOs na pandemia está sendo marcada por descontos nas operações - até agora nenhuma empresa conseguiu emplacar uma operação na faixa de preço inicialmente pretendida. Mesmo em momento de instabilidade no mercado como estamos vivendo, das 15 ofertas de IPOs lançadas para abril pelos bancos de investimento, 12 estão em andamento e podem alcançar R$ 20,5 bilhões. E destas, 5 estão ligadas ao segmento de Saúde.

continue lendo -->

SABE Alerta

Assine e tenha acesso às melhores informações
para fundamentar suas decisões de investimentos em ações.