SABE

notícias

1 milhão de mulheres na Bolsa!!

10/05/2021

Nada melhor que um domingo do Dia das Mães para comemorar a marca histórica de 1 milhão de mulheres com contas abertas na bolsa de valores !! No fim de 2020 eram 847 mil  CPFs femininos na B3, crescimento de 19% até o fim de abril. Mas, no fim de 2016, cinco anos antes, o número de mulheres interessadas em investir na bolsa era de apenas 130 mil e cresceu 674% no mesmo período. A má notícia é que ainda é um público minoria e que detém um volume bem menor de dinheiro investido quando comparado ao de homens: de apenas 20,7% do total de reais investidos no fim de abril.

continue lendo -->

Quem não é o maior, tem que ser o melhor!!

03/05/2021

Nos EUA as empresas gigantes são todas de tecnologia, enquanto que no Brasil predominam o setor financeiro e o de commodities. Nos meus tempos de menino a propaganda da Atlantic, uma companhia pequena de petróleo em relação às demais do mercado dizia: “Quem não é o maior tem que ser o melhor”. O mundo mudou e hoje, empresas pequenas já são multinacionais com raízes fincadas nos mais longínquos rincões deste planeta. Mais do que isso, 82% das maiores empresas do mundo vieram do absolutamente nada.

continue lendo -->

A hora e a vez dos Jovens!!

26/04/2021

A bolsa ganhou 374.822 novas contas de investidores com até 25 anos desde o início de 2019. Quando somado a faixa etária de 26 a 35 anos, o número de novos CPFs sobe para 1.337.366, cerca de 38% do total de investidores em abril deste ano. O principal fator que explica a forte entrada dos jovens na bolsa é o juro baixo, hoje em 2,75% ao ano. Descontada a inflação, o juro real está negativo em quase 3%. Nesse cenário o jovem passa a ter consciência que está perdendo poder de compra se deixar o dinheiro parado na caderneta de poupança.

continue lendo -->

IPO, só com desconto!!

19/04/2021

A temporada de abril para os IPOs na pandemia está sendo marcada por descontos nas operações - até agora nenhuma empresa conseguiu emplacar uma operação na faixa de preço inicialmente pretendida. Mesmo em momento de instabilidade no mercado como estamos vivendo, das 15 ofertas de IPOs lançadas para abril pelos bancos de investimento, 12 estão em andamento e podem alcançar R$ 20,5 bilhões. E destas, 5 estão ligadas ao segmento de Saúde.

continue lendo -->

Lucros encolhem 32% em 2020

12/04/2021

No acumulado de uma amostra de 321 empresas não financeiras listadas na B3, em 2020 contra 2019, as Receitas subiram 7,8%, o EBITDA cresceu 10,7%, mas os Lucros tiveram uma enorme queda de 31,9%, de R$ 162 bilhões para R$ 110 bilhões, fazendo com que o ROE perdesse 5,8 pontos percentuais de 2019 para 2020. Cem empresas (cerca de 1/3 do total) amargaram prejuízos em 2020 totalizando R$ 90,3 bilhões. Por outro lado, as dívidas líquidas subiram 9,4%.

continue lendo -->

Os pesos-pesados da Bolsa

05/04/2021

O risco político tem sido o principal fator que inibe a valorização do Ibovespa, afetando diretamente estatais listadas com peso expressivo no índice: Petrobras ON e Banco do Brasil ON acumulam perdas de 17,02% e 20,17% em 2021, figurando entre os 10 piores desempenho no Ibovespa no ano. Com perda bem menor de 2,12% no ano, a Eletrobras passou por ondas de turbulência por conta de mudança de comando, mas a indicação de Rodrigo Limp para o cargo de CEO foi bem recebida pelo mercado, dado que o executivo é favorável à privatização da companhia.

continue lendo -->

IPO: um caminho para o crescimento

29/03/2021

Recente pesquisa realizada pelo Valor Data mostra que a safra de IPOs que veio à bolsa entre 2004 e 2019 trouxe mais sucessos do que fracassos. Do grupo de 170 empresas que fizeram IPO entre 2004 e 2019, 40 companhias ganharam representatividade e fazem parte hoje do Ibovespa. Juntas, elas têm peso próximo a 33% do índice, considerando a carteira teórica de 19 de março.

continue lendo -->

Dívidas sobem 9,8% em 2020!!

22/03/2021

Tomando como base a publicação de balanços do ano de 2020 de 179 companhias não financeiras listadas na B3, identificamos um crescimento expressivo de 9,8% das dívidas Líquidas, de R$ 1,99 bilhões para R$ 2,19 bilhões. Excluindo Petrobras e Vale, o aumento sobe pouco para 10,9%.

continue lendo -->

Lucros caem 8,8% em 2020!!

15/03/2021

Tomando como base a publicação de balanços do ano de 2020 de 135 companhias não financeiras listadas na B3, podemos perceber que o segmento de varejo, representado por B2W Digital e Magazine Luiza, cresceu com as vendas no e-commerce, como também que o setor de frigoríficos teve aumento expressivo com os resultados de Minerva, BRF e Marfrig.

continue lendo -->

SABE Alerta

Assine e tenha acesso às melhores informações
para fundamentar suas decisões de investimentos em ações.