Sistema ‘S’: Qual o seu verdadeiro propósito?

SABE

notícias

voltar

Sistema ‘S’: Qual o seu verdadeiro propósito?

16/08/2017

Sistema “S” é o nome pelo qual ficou convencionado se chamar o conjunto de nove instituições (SENAI, SESI, SENAC, SESC, SEBRAE, SENAR, SEST, SENAT e SESCOOP) de interesse de categorias profissionais, estabelecidas pela Constituição brasileira. A criação desses organismos e de suas fontes de receita, remonta a meados da década de 1940, um mundo bem diferente do que vivemos hoje. As contribuições incidem sobre a folha de salários das empresas pertencentes à categoria correspondente sendo descontadas regularmente e repassadas às entidades de modo a financiar atividades que visem ao aperfeiçoamento profissional (educação) e à melhoria do bem-estar social dos trabalhadores (saúde e lazer). Mesmo a contragosto por entender que tanto o setor público quanto o privado já atuam nesses segmentos, podemos dizer que “até aqui tudo bem”!

Fique por Dentro

Ocorre que o império “S” está atualmente em xeque, como noticiado na coluna de Lydia Medeiros (O Globo de 15/08/2017), pela falta de transparência no uso de dinheiro público. Com um rombo previsto de R$ 159 bilhões nas contas do governo, mais de 10% (R$ 16,4 bilhões) foram devorados em 2016 por essa entidade.

Não seria o caso de privatizar? Afinal, numa economia em crise e com carga tributária elevada, uma organização que arrecada sem concorrência contribuições compulsórias dos empregadores e não oferece transparência em suas contas à sociedade, perde naturalmente o seu propósito. Ainda dá tempo de mudar!!!

Comentários