Companhias de Utilidades Domésticas com dívidas impagáveis.

SABE

notícias

voltar

Companhias de Utilidades Domésticas com dívidas impagáveis.

26/01/2018

O Setor de Utilidades Domésticas possui onze companhias abertas com ações na bolsa. De acordo com os números dos balanços dos nove primeiros meses de 2017, somente três empresas deram lucro: Whirlpool, Nadir Figueiredo e Bicicleta Monark. À exceção de Positivo e Springer que passaram a ter prejuízo nos 9M2017, as demais companhias (Estrela, IGB-Gradiente, Itautec, Tec Toy e Unicasa) já vinham com prejuízo nos 9M2016.

Entretanto, o setor como um todo teve aumento nominal de 11,55% do resultado líquido (R$ 101 milhões nos 9M2016 para R$ 113 milhões nos 9M2017), puxado principalmente por Nadir Figueiredo que fez seu lucro quase triplicar, atingindo R$ 31 milhões e também por Whirlpool cujo lucro cresceu 18% nos 9M2017 comparado ao mesmo período de 2016.

Observando o Setor de Utilidades Domésticas como um todo percebemos que seu desempenho foi muito ruim quando comparamos os números dos nove primeiros meses de 2017 contra os de igual período de 2016: receitas em queda, aumento de lucros mas por conta de apenas duas empresas (Nadir Figueiredo e Whirlpool), queda expressiva do EBITDA, e aumento de mais de 50% da relação dívida líquida/EBITDA. O retorno do acionista (ROE) anualizado do setor, aumentou por conta dos mesmos motivos apresentados para o aumento do resultado líquido.

Comparando os números dos 9M2017 contra o mesmo período de 2016, constatamos quedas relevantes de receitas de: Springer (- 91%), Bic Monark (- 21%) e Unicasa (- 16%); por outo lado Tec Toy teve expressivo aumento de receita (+ 121%). Com respeito às variações de lucros nos mesmos períodos, destacamos: Bic Monark (- 52%), Nadir Figueiredo (+ 276%) e Whirlpool (+ 17%).

Com relação ao endividamento, observamos nos 9M2017 um quadro bastante crítico com várias companhias sem condições de pagar dívidas por conta de insuficiência de geração de caixa: Bic Monark, IGB (Gradiente), Itautec, Springer, Tec Toy e Unicasa. Além disso, mesmo com caixa Estrela e Hércules enfrentam gravíssima situação financeira com dívidas impagáveis dado seus graus de alavancagem financeira em níveis alarmantes de 82x e 154x, respectivamente. Em situação mais confortável, mas com nível elevado do mesmo indicador encontram-se Positivo (7,0x) e Whirlpool (6,6x). Quem escapa é Nadir Figueiredo que tem dívida equilibrada em nível de controle (2,4x).

Sobre o ROE (retorno do acionista), destacamos as rentabilidades anualizadas em níveis bem próximos de 12,6% de Nadir Figueiredo e Whirlpool nos 9M2017.

O destaque positivo vai para Nadir Figueiredo que obteve crescimento de receitas, aumentos expressivos de lucros e EBITDA, além de significativa redução da dívida tanto em termos absolutos quanto relativos à geração de caixa. Como consequência ofereceu ao seu acionista um excelente retorno nos 9M2017. Os destaques negativos vão Estrela, IGB (Gradiente) e Tec Toy que apresentaram prejuízo e passivo a descoberto nos últimos doze meses.

e-Book


O SABE Alerta é apenas a “ponta de um iceberg” quando comparado ao acervo de informações que o Big Data SABE tem à disposição de investidores e gestores de investimentos em ações. São 120.000 demonstrações financeiras padronizadas de TODAS as companhias abertas desde 1994 que, junto com os preços de suas ações ajustadas dos últimos cinco anos permitem à nossa equipe elaborar relatórios técnicos com informações seguras para investidores e profissionais do mercado.

Acompanhe os artigos técnicos publicados no Blog SABE e conheça o SABE Intelligence, a maneira revolucionária de selecionar empresas saudáveis com a inteligência artificial e tomar decisões de investimentos em ações com maior probabilidade de acerto.

Luiz Guilherme Dias
Equipe SABE Inteligência em Ações

Comentários