Bancos com lucros e demissões em 2017

SABE

notícias

voltar

Bancos com lucros e demissões em 2017

30/08/2017

De acordo com dados do CAGED (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), mesmo mantendo lucros bilionários, os bancos estão entre os cinco setores da economia que mais demitiram este ano de 2017. Com foco cada vez maior nos canais digitais e agências mais enxutas, só no 1º semestre de 2017, as instituições financeiras do país fecharam 10.752 postos de trabalho, um aumento de 53,6% na comparação com o mesmo período de 2016.

Em 2017 os balanços mostram que os maiores bancos elevaram os ganhos no 2º trimestre do ano, em relação ao primeiro. Considerando os quatro grandes: Bradesco, Itaú Unibanco, Santander e Banco do Brasil, a cifra alcançou R$ 15,7 bilhões entre abril e junho. No 1º trimestre de 2017, o lucro dessas quatro instituições chegou a R$ 14,9 bilhões. Pela ótica dos resultados acumulados no 1º semestre de 2017, o lucro dos mesmos bancos foi de R$ 27,4 bilhões, aumento de 12% em relação ao 1S2016 no qual acumulou R$ 24,5 bilhões.

Considerando 24 instituições listadas na bolsa, o lucro aumentou 7% do 1S2016 para o 1S2017. Entretanto, eliminando a participação dos quatro gigantes (Itaú, Bradesco, BB e Santander) que corresponde a quase 93% do resultado total, o lucro caiu 32% do 1S2017 para o 1S2016.

Em resumo, o setor bancário no Brasil é fortemente concentrado, continua tendo lucros crescentes especialmente entre os maiores e faz demissões em massa para reduzir custos e acompanhar as mudanças tecnológicas.

Acompanhe os artigos técnicos publicados no Blog SABE e conheça os demais produtos SABE, o adequado complemento ao seu acervo de informações.

Comentários