SABE

notícias

WEG + Embraer rumo ao “Avião Elétrico”

31/05/2019

WEG e Embraer assinaram um acordo de cooperação científica e tecnológica para desenvolver motores elétricos aeronáuticos. O primeiro voo de teste de um monomotor movido 100% a eletricidade, de curta duração, pode acontecer em 2020, ou já no fim deste ano, a depender do ritmo de evolução dos trabalhos.

continue lendo -->

Desempenho Setorial 2018 – Raio X

29/05/2019

Para mapear o desempenho de individual de cada setor, utilizamos quatro indicadores: de 2017 para 2018 medimos o crescimento das receitas líquidas e o crescimento dos resultados líquidos, em 2018 calculamos o grau de alavancagem financeira medido pela relação Dívida Líquida/EBITDA e o ROE (retorno do acionista).

continue lendo -->

Transporte e Logística - um setor em compasso de espera

24/05/2019

As tendências em transporte de carga estão muito relacionadas à tecnologia. Quando um setor busca evolução, naturalmente, tudo ou a maior parte disso se relacionará com mudanças tecnológicas. Na área de transporte de carga não é diferente, as grandes empresas preparam novidades que mudarão de vez o setor.

continue lendo -->

Saneamento é o setor mais atrasado da infraestrutura brasileira

22/05/2019

De acordo com informações do SNIS (Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento), referentes a 2017, apenas 60,2% da população urbana do país têm acesso a coleta de esgoto. Para alcançar a meta do PLANSAB (Plano Nacional de Saneamento Básico) seria necessário uma média de R$ 21,6 bilhões por ano. O Brasil só deve alcançar a universalização daqui a 45 anos aproximadamente, na década de 2060.

continue lendo -->

Siderurgia só decola com a aprovação das reformas

17/05/2019

O mercado mantém-se mais pessimista quanto a retomada do setor siderúrgico brasileiro. A expectativa de aumento no consumo aparente neste ano é menor que a feita pelas companhias. Isso porque, com o atraso da aprovação da reforma da Previdência, setores que demandam muito aço, como a construção civil, ainda não reagiram.

continue lendo -->

TI e Telecom: investimentos ininterruptos, com resultados fracos

24/04/2019

Em relação ao investimento em TIC, que inclui TI e Telecom, o Brasil desceu uma posição, ficando em 7º lugar no ranking mundial de 2018, com US$ 97 bilhões investidos, seguindo uma tendência de ligeira retração dos últimos anos desse setor, muito relacionada à transição de voz para dados dos consumidores. Neste quesito, o Brasil ficou ainda à frente da Índia (US$86 bilhões) e logo depois da França (US$109 bilhões).

continue lendo -->

1 milhão de investidores: chegamos a 10% do potencial!!!

17/04/2019

Considerando o atual patamar de 1 milhão de investidores individuais (a rigor 983 mil), podemos afirmar que é muito pouco. Senão vejamos: 1 milhão representa aproximadamente 0,5% da população. Em países emergentes como China, Índia, Coreia, Tailândia e outros, que sequer tinham mercados de capitais no final da década de 1970, o percentual de investidores PFs oscila em torno de 5%.

continue lendo -->

Apenas ¼ das empresas não financeiras dorme um sono tranquilo!!!

12/04/2019

Tendo como base o grau de alavancagem financeira (Dívida Líquida/EBITDA), mapeamos o status do endividamento de 251 companhias e concluímos que apenas 25%, ou seja, 63 companhias, gozam de situação confortável (dívida líquida negativa com sobra de caixa) ou controlam a dívida em nível satisfatório (dívida líquida/EBITDA menor que 3). Imaginamos que os executivos dessas empresas dormem um sono tranquilo.

continue lendo -->

Desempenho Carteiras: Valor X SABE Campeãs – Mar/2019

10/04/2019

Entendemos que devemos examinar o desempenho das empresas com visão de longo prazo buscando capturar toda a complexidade dos desafios, estratégias e oportunidades dos negócios avaliados, bem como dos ciclos econômicos. Num país como o nosso, o curto prazo embute muita volatilidade, especialmente quando aguardamos ansiosamente o desfecho da aprovação da famigerada Reforma da Previdência por um novo Governo.

continue lendo -->

SABE Alerta

Assine e tenha acesso às melhores informações
para fundamentar suas decisões de investimentos em ações.